Educação

Há 83 anos, o Lar das Crianças mantém-se fiel a sua missão: estar sempre de olho no que o outro precisa, sempre nos atualizando e inovando de acordo com as necessidades destes jovens.

Através do contraturno escolar com um modelo de atendimento longitudinal, nossas crianças e jovens passam em média, 18 anos no Lar. Oferecemos oportunidades de desenvolvimento, preparando-os para a realização de seus projetos de vida pessoais, com o objetivo de construir opções de futuro diversas.

Somos uma comunidade educativa, que valoriza o conhecimento, a ética e a solidariedade como valores e como instrumento para possibilitar o crescimento pessoal e a transformação social

O que fazemos

Com uma equipe multidisciplinar experiente, preparamos e potencializamos a formação integral de qualidade oferecendo oportunidades de desenvolvimento para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, dos 4 anos até seu encaminhamento profissional, no contraturno escolar, preparando-os para realização de seu projeto de vida pessoal, com vistas a um futuro mais promissor , por meio de acolhimento, convivência, ações educativas e construção de projetos de vida vividos em uma vida comunitária e ética, tendo o conhecimento como instrumento de crescimento pessoal e transformação social.      

Como fazemos

O Lar das Crianças atua no âmbito da assistência social e da educação não formal. O foco nas crianças e nos jovens está assentado na educação integral, na saúde (física e psicológica), no fortalecimento da família e na relação da família com a instituição.

Elaboramos um Mandala Pedagógica que é um currículo sequencial de atividades que tem o objetivo de ampliação de repertório, de  visão de mundo,  que proporciona o desenvolvimento  de  habilidades e talentos que geram possibilidades e oportunidades para que sonhem e escolham o que querem para sua vida.

mandala pedagógica

Convívio

Eixos temáticos
Focos de interesse

Ética
Protagonismo
Democracia
Cidadania
Repertório e expressão cultural
Repertório oral
Leitura e escrita
Raciocínio lógico, cálculo e investigação

Rede de proteção às crianças
Fortalecimento das famílias

Um educador/tutor desenvolve projetos específicos para cada faixa etária. Além disto, oferecemos as seguintes atividades e serviços:

Artes

  • Ateliê de artes
  • Musicalização
  • Violão

Corpo e Movimento

  • Dança
  • Judô
  • Práticas corporais e esportivas

Expressão e Comunicação

  • Plataforma Guten: Plataforma de Leitura de Notícias para Escolas
  • Biblioteca

Tecnologia (STEM)

  • Laboratório de Tecnologia “ mão na massa”
  • Estação Ciências
  • Matific (Plataforma de Matemática Gamificada)

Encaminhamento Profissional

  • Bolsas para cursos de inglês
  • Bolsas em cursos preparatórios para vestibular
  • Bolsas para cursos técnicos 
  • Bolsas para universidades
  • Moradia para estudantes em universidades públicas em outras cidades

Apoio às Famílias

  • Escola de pais
  • Assistência jurídica
  • Orientação familiar
  • Apoio especial durante a pandemia

Atendimentos

  • Psicologia (encaminhamento parceiro)
  • Fonoaudiologia (triagem e encaminhamento)
  • Oftalmologia (encaminhamento parceiro)
  • Odontodolgia (encaminhamento parceiro)
  •  

Alimentação

  • Mais de 298 mil refeições por ano

Nosso Diferencial

Temos um modelo de atuação longitudinal com média de permanência de 18 anos na instituição.
Nossos educadores e demais profissionais são formados em instituições reconhecidas nas mais diversas áreas do conhecimento. Além disso, estão em permanente formação, interna e externa.

Programas

CCI | Centro de Convivência Infantil: dos 4 aos 6 anos

Oferecemos à criança recursos adequados e acompanhamos a sua evolução, tendo como meta o seu pleno desenvolvimento, com todo o seu potencial, com a parceria da família.

Desenvolvemos projetos específicos para a faixa etária e oferecemos oficinas de artes, dança criativa, mediação de leitura e escrita, atividades de experimentação, jogos de raciocínio, lógica e cálculo, brincadeiras de parque, de quadra e faz de conta, musicalização e rodas de conversa.

Além das oficinas, um educador desenvolve um projeto específico para cada turma na faixa etária em questão.

CCA | Centro de Convivência de Adolescentes

Dos 7 aos 14 anos

Proporcionamos aos jovens/adolescentes repertórios que ampliem o universo cultural e o acesso às informações sobre cidadania, estimulando o seu protagonismo.

Entre 6 e 9 anos

Oferecemos projetos específicos para a faixa etária e oficinas de artes, jogos sociais, treino de futebol, judô, hip hop, musicalização, oficina de violão, atividades de escrita/leitura, de investigação e de conhecimento lógico-matemático, brincadeiras de parque e faz de conta, horta, comissões e rodas de conversa. 

Entre 10 e 14 anos

Oferecemos projetos específicos para a faixa etária e oficinas de ateliê de artes, mídia, jogos sociais, treino de futebol, judô, hip hop, musicalização, oficina de violão, atividades e plataformas de escrita/leitura e de conhecimento lógico-matemático, pesquisa e experimentação, laboratório de tecnologia (“mão na massa”), horta, roda de conversa e comissões.

O Lar tem como objetivo proporcionar atividades para que as crianças, adolescentes e jovens sejam protagonistas de suas histórias e cidadãos éticos, que ampliem seu repertório cultural, reconheçam e desenvolvam suas habilidades e competências intelectuais e cognitivas, que saibam fazer valer seus efeitos e tenham clareza de seus deveres, que percebam a possibilidade de sua transformação e da realidade de seu entorno.

As atividades estão organizadas de forma dinâmica, articulada e integrada, levando em conta os aspectos do convívio, os focos de interesse, temas significativos e as etapas de desenvolvimento. Desde os quatro anos são feitas rodas de conversa para introduzir a criança na vida em grupo. São desenvolvidos trabalhos em grupo e individuais. O educador tutor de cada turma está próximo do aluno e consegue ajudá-lo nas dificuldades. O papel do educador como mediador da construção do conhecimento, constrói vínculos com os alunos e desperta a curiosidade. 

O aspecto do convívio presente no cotidiano do Lar tem como pano de fundo a construção de um espaço de escuta ativa e de diálogo constante, sobretudo em situações de mediação de conflitos.

Para isso, trazemos para nossas ações a abordagem da Comunicação Não-Violenta, que se baseia no desenvolvimento de habilidades relacionais com o intuito de estabelecer conexões respeitosas entre as pessoas. Investimos no “letramento emocional”. No Lar, as crianças, desde pequenas, desenvolvem atividades que visam o aprendizado sobre sentimentos e emoções, e como podem incorporar estes recursos a favor do gerenciamento emocional através da sua expressão, favorecendo a construção da cultura de paz da Instituição.

Passaporte para a Vida | dos 15 anos até o encaminhamento profissional

Criado no segundo semestre de 2002, o programa responde às inquietações do Lar das Crianças sobre o futuro dos adolescentes que deixavam a organização aos 15 anos, quando cessava o atendimento. Com o PPV, todos passaram a contar com a oportunidade de prosseguir o seu desenvolvimento pessoal e profissional com o apoio institucional.

O PPV oferece oportunidade de realização de sonhos acadêmicos e profissionais e de construção de um projeto de vida. Estimulamos os jovens a buscar aprimoramento, aquisição de habilidades básicas e de autogestão, necessárias para sua inserção na vida produtiva e na transformação social enquanto cidadão proativo e solidário. Investimos para que os jovens conheçam, explorem e desenvolvam suas capacidades e recursos para reconhecer a sua vocação e persistir nela – ser o melhor possível na profissão escolhida, buscando as melhores faculdades e universidades, os melhores estágios e experiências profissionais, a melhor condição de vida.

Programa Integrar | Para Famílias e jovens do entorno

O programa Integrar oferece oportunidade para as famílias dos nossos atendidos e pessoas que moram no entorno do Lar, em situação de vulnerabilidade social, de participar de atividades específicas na instituição. O objetivo é fortalecer a função protetiva das famílias, prevenir a ruptura de seus vínculos, promover seu acesso e usufruto de direitos e contribuir na melhoria de sua qualidade de vida. Famílias e jovens em situação de vulnerabilidade social participam de orientação mensal ou do curso de alfabetização de adultos e de oficinas oferecidos pelo Lar, com frequência mínima semanal.