Parceria entre o Lar das Crianças da CIP e o Deutsche Bank cria programa de mentoria profissional para durante a pandemia

O programa de mentoria profissional criado pelo Lar em parceria com o Deutsche Bank (DB) foi realizado durante a pandemia. Para essa oportunidade foram selecionados 20 jovens do Programa Passaporte para a Vida (PPV), entre 18 e 21 anos, que atualmente estão estudando para entrar no mercado. Os mentores foram 20 funcionários do banco que se voluntariaram para conversar e trocar experiências através de encontros virtuais sobre carreira, trabalho, liderança, inovação, processos seletivos, comunicação empresarial, entre outros temas.

Evento de abertura do programa de mentoria
Evento de abertura do programa de mentoria

A coordenadora do programa, Selma Souza, contou como foi a parceria: “o DB com muita sensibilidade teve a preocupação de trabalhar assuntos pelos quais os jovens ansiavam no mundo do trabalho’’. 

Através de encontros virtuais realizados a partir de um “match” entre o perfil do voluntário e do jovem, foram realizadas de uma até três sessões individuais, além de trocas via mensagens instantâneas. Os depoimentos dos jovens no encerramento do projeto via zoom mostraram uma grande surpresa com a descontração e abertura dos voluntários, que mesmo tendo uma carreira de sucesso num banco internacional, se mostraram disponíveis e sensíveis às histórias, dúvidas e curiosidades dos jovens.

“O trabalho desenvolvido pelos mentores foi de muito acolhimento com cada jovem, ao passo que compartilharam suas experiências no mundo profissional, histórias de vida, recomendaram livros, sites” relatou a coordenadora Selma Souza. 

Durante a pandemia, o Lar, como todas as organizações, teve que se adaptar na forma de oferecer os atendimentos para os jovens. A parceria com o DB além de manter os jovens ativos e motivados no seu desenvolvimento profissional em 2020 também ajudou no suporte educacional.

Depoimentos dos participantes:

Jefferson Oliveira, participante do PPV e estudante de música na USP.

“As mentorias feitas para alguns jovens do PPV inspiraram e proporcionaram novos horizontes. Através do compartilhamento de experiências foi possível sanar algumas dúvidas de ambos os universos e traçar algumas estratégias para o objetivo de cada participante”, Jefferson Oliveira, participante do PPV e estudante de música na USP. 

Maria Emily Moreira, estudante de Administração na UNINOVE

“O Deutsche Bank ofereceu uma chance de mudar o nosso futuro. Porque eu acredito que cada passo, cada ação que nós tivermos no presente, vai alterar o nosso futuro. Eu nunca tinha feito uma mentoria antes e eu aprendi muito. Eu quero agradecer o Marcelo, meu mentor. Nós conversamos sobre vários assuntos do dia a dia, da vida acadêmica e profissional.” Maria Emily Moreira, estudante de Administração na UNINOVE.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *