Passaporte para a Vida: o programa de encaminhamento profissional do Lar

Na última quinta-feira, dia 3, os jovens da turma T8 do Lar participaram da Passagem para o Programa Passaporte para a Vida. O programa PPV é  o grande diferencial do Lar da Crianças da CIP. O trabalho interdisciplinar feito desde os 4 anos passa para uma outra etapa a partir dos 15 anos, o encaminhamento profissional. 

Os jovens, acompanhados pela educadora-tutora Bruna Serena, apresentaram o seu primeiro portifólio. A criação do portifólio envolve tanto o autoconhecimento, como a pesquisa de cursos que podem fazer, entrevistas com profissionais da área,  entendimento sobre o mercado de trabalho, salários e apresentam para uma banca avaliadora, pais e seus colegas, os motivos que escolheram para entrar pro PPV. 

“O Lar está aqui para oferecer o que sempre ofereceu, mas agora depende de vocês. O PPV é o momento de vocês elaborarem e realizarem os seus projetos de vida. O apoio da família é fundamental.” Afirmou a coordenadora geral do Lar, Aide Firer. 

Além disso, os jovens precisam criar um projeto piloto. A Mayara, adolescente que quer ser pedagoga mostrou uma atividade educativa feita por ela com as crianças. Já a Maria Eduarda, apaixonada por moda, decidiu por publicidade, fez sua pesquisa da área e criou uma marca a Bright Star e a sua logomarca. 

O Guilherme quer ser engenheiro mecânico e por isso, criou um carrinho robótico. Ele tem a consciência das oportunidades do PPV e disse “Eu sei que o PPV não vai ser a chave para abrir todas as porta, mas vai ser uma das chaves”. 

Esse ano, pela primeira vez, fizemos transmissão ao vivo desse momento importante, para os alunos das outras turmas, pais e colegas, já que não poderíamos manter o distanciamento na sala com todos presentes. 

Em 2021 tanto o Lar quanto o PPV continuam crescendo e com a maior idade do programa, criado em 2002, vamos expandir. Dos 56 jovens atendidos, passaremos a atender 65 no próximo ano. Serão mais jovens beneficiados e estamos criando uma transição entre o ensino médio e a entrada do programa.

“Eu vejo vocês muito maduros nessa apresentação” comentou diretora do Lar, Betty Kitner Calixto, integrante da banca de avaliação. Os pais dos jovens participam da apresentação do programa, pois são importantes aliados para o filhos no seu encaminhamento profissional e na decisão de participar do PPV. 

A educadora-tutora da turma, Bruna Serena, contou como os jovens estavam ansiosos com esse momento, pois a rotina irá mudar, vão passar a ter mais oportunidades fora do Lar, como cursos técnicos, cursos profissionalizantes e idiomas, além de continuarem a ter encontros de orientação com a Selma Souza, coordenadora do PPV. 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *