Sucót: O que é preciso para construir um Lar?

Durante 7 dias, todos os anos, o povo judeu comemora a Festa de Sucót. O período relembra os 40 anos da trajetória dos judeus no deserto, após a saída do Egito, momento em que eram nômades e viviam em pequenas cabanas (sucót) frágeis e temporárias. Ali, a luta era pela sobrevivência.

Atualmente, a data é uma oportunidade para refletirmos sobre a nossa fragilidade e, também, sobre a vulnerabilidade que existe em um mundo temporário, onde estamos apenas de passagem. A festa de Sucót também nos ensina sobre a potência e resiliência que existe em nós e a importância da humildade para a construção de uma comunidade fortalecida e unida. 

Para comemorar a data, no dia 24 de setembro, recebemos no Lar das Crianças da CIP a rabina Tati Schagas , que deixou uma mensagem inspiradora e confraternizou junto à equipe da instituição. Em nossa Sucá montada na área externa, convidamos os jovens da Oficina de Violão para apresentar e nos presentear com um pouco de música e, por fim, realizamos uma divertida aula de hip hop com os presentes.

“Toda chegada é um novo começo, nunca alcançamos o final. Sempre queremos algo novo, sempre há um novo sonho para ser realizado. Quero dizer para vocês que a Sucá, na tradição judaica, é um pouco desse Lar que nos acompanha quando as coisas ainda não estão fixas. Quando o caminho é incerto. Ela faz um convite para cada um de nós, judeus ou não judeus, pensarmos o que o mundo precisa para conseguir construir um verdadeiro lar”, trecho da mensagem deixada pela rabina Tati.

Confira algumas imagens:

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *