Pesquisa mostra o impacto do programa multidisciplinar oferecido pelo Lar das Crianças da CIP na educação, profissionalização e renda de seus egressos

Pesquisa mostra o impacto do programa multidisciplinar oferecido pelo Lar das Crianças da CIP na educação, profissionalização e renda de seus egressos

Em fevereiro de 2020 o professor Naércio Menezes Filho, do Centro de Políticas Públicas do Insper, fez a segunda edição da pesquisa “O impacto do Lar das Crianças na vida profissional e no nível educacional de seus participantes” para verificar os resultados na vida dos jovens que passaram pelo apoio multidisciplinar da organização, comparado com uma amostra de mesma situação sócio econômica e de quem não teve a oportunidade de participar do projeto.

Participantes do Programa Passaporte para a Vida

O estudo revelou os impactos da atuação longitudinal da instituição: “O Lar das Crianças tem um impacto positivo relevante na vida profissional e no nível educacional de seus participantes. Tais resultados acentuam a diferença que um programa multidisciplinar com acompanhamento de profissionais capacitados pode ter na trajetória pessoal, profissional e humana”, concluíram os pesquisadores.

Neste ano 35% de jovens apoiados estão na universidade. Na última pesquisa comparativa realizada em 2014 eram apontados 20%, mostrando um crescimento de 15%, frente a um crescimento de 3% obtido pelo grupo controle, como mostra o gráfico abaixo.

De acordo com os dados levantados, o apoio oferecido pela organização reflete também na

maior perspectiva de empregabilidade e renda:  “observamos que os indivíduos que passaram pela instituição tiveram uma probabilidade significativamente maior de conseguirem um emprego, 93,7% para egressos do Lar das Crianças e 76,38% para o Grupo de Controle, de alcançarem o nível superior de educação, 35,43% para o Lar e 11,02% para o segundo grupo, e uma renda média total maior em 44,05%, i.e., R$823,09”, afirmou a pesquisa.

Gráfico comparativo da renda média total dos participantes empregados do Lar em 2014 e 2020 com os não-participantes.

Gráfico comparativo da renda média total dos participantes empregados do Lar em 2014 e 2020 com os não-participantes.

Gráfico comparativo da educação dos participantes do Lar em 2020 com os não-participantes.

Gráfico comparativo da educação dos participantes do Lar em 2020 com os não-participantes.

Gráfico comparativo da renda média total e renda médias dos participantes empregados do Lar 2020, com os não-participantes.

Gráfico comparativo da renda média total e renda médias dos participantes empregados do Lar 2020, com os não-participantes.

Sobre a pesquisa

A pesquisa teve como objetivo estimar os impactos do Lar das Crianças da CIP na renda, empregabilidade e nível educacional dos egressos dessa instituição.

A metodologia utilizada foi a comparação de grupos com características muito semelhantes entre si, tendo como grande diferencial a participação ou não no Lar, utilizando o método econométrico Propensity Score Matching (PSM) e calculando testes de médias para as variáveis de interesse.

Os autores da pesquisa foram o Professor  Naércio Menezes Filho do Centro de Políticas Públicas (CPP-Insper) e da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária (FEA-USP), Alexandre Haddad M. Aebi (FEA-USP), Tomás V. Pereira de Almeida (FEA-USP) e Theo Ribas Palomo (CPP-Insper e FEA-USP).

Participante do Passaporte para a Vida

Referências:

1-  MENEZES FILHO, Naercio et al. O Impacto do Lar das Crianças na vida profissional e no nível educacional de seus participantes. Fevereiro, 2020.
2- Os dados apresentados foram extraídos da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) da Região Metropolitana de SP e comparados a um universo de 93 jovens beneficiados pelo Lar das Crianças da CIP em trabalho realizado por Diego Rodrigues e Rodrigo Versolato, graduandos da FEA – USP, com supervisão do Prof. Dr. Naércio Aquino Menezes Filho, USP/Insper.   Disponível: https://lardascriancas.org.br/resultado/

 


Sem Comentários

Adicione um Comentário