Programa Integrar: como o Lar trabalha com as famílias

O Lar atua em diversas frentes com o Programa Integrar oferecendo oportunidades,  para as famílias das nossas crianças e jovens, de orientação mensal, curso de alfabetização de adultos e oficinas temáticas, coordenadas por Solange Rosa, nossa assistente social.  
 
Em 2020, a Escola de Pais, teve o seu formato presencial alterado para o virtual.  Um dos melhores momentos do ano foram as oficinas virtuais de marketing digital oferecidas para as mães empreendedoras, que teve como objetivo gerar mais renda às famílias.


Marcia Calderon Sister, profissional de marketing digital e inovação, foi muito bem sucedida em sua iniciativa. Ela utilizou programas digitais e aplicativos de celular e as empreendedoras puderam aprender e aplicar os recursos em  seus negócios.
 
Em função da pandemia no ano passado, após colaborar com alguns projetos com recursos financeiros, a Marcia sentiu a necessidade de colaborar de outra forma: “Na pandemia, todo mundo começou a pedir dinheiro, cesta básica e fui dando. Uma hora percebi que além de dinheiro era preciso ensinar as pessoas a pescarem. Eu sei muita coisa e quero ajudar as pessoas a empreenderem para que possam trazer dinheiro para suas casas. Ajudando de forma mais contínua.”
 
Por três meses, a Marcia se disponibilizou a se encontrar com as mães e além de ministrar as oficinas ofereceu mentorias individuais.
 
O programa trabalhou temas como: mentalidade empreendedora, passo a passo para criar produtos que vendem e melhorar os produtos, utilização das redes sociais, estratégias para aumentar as vendas, além de ensinar como saber se está lucrando.
 
Diante do desafio de manter o distanciamento social e trabalhando com diversas empreendedoras que não tinham computadores, o programa foi realizado com aulas e aplicativos de edição para o celular, como relata a Vigília “O curso de empreendedorismo foi muito bom. Eu tive a oportunidade de conhecer novos aplicativos, aprendi a usar o Canva. Montar posts para o Facebook, Whatsapp e Instagram e também usar o Tiktok para fazer vídeos.” Virgília, guia de turismo e turismóloga, está se preparando para após o distanciamento social, poder retornar às viagens.
 
De acordo com a Marisete, esteticista e depiladora: “Fiz o curso de geração de renda com a Márcia e aprendi muitas coisas. Foi muito relevante para mim aprender a mexer em ferramentas de divulgação que eu não tinha muito conhecimento.”
 
Para a Mércia, costureira, o curso foi importante para ela aprender a valorizar os seus produtos. “O curso foi muito bom, maravilhoso. Eu aprendi muito e abri a minha mente. Eu tinha muitas expectativas para esse ano, aí veio a pandemia, o curso me ajudou a ter uma outra visão”.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *