1º Dia da Família do Lar das Crianças da CIP

1º Dia da Família do Lar das Crianças da CIP

O 1º Dia da Família do Lar das Crianças da CIP, dia 28 de setembro, foi um dia inteiramente dedicado ao convívio dos nossos atendidos com as suas famílias. Foi um dia de oficinas para pais e filhos, teatro, brincadeiras, sorteio de uma cestas de frutas, uma outra com açaí, iogurte, granola e outros alimentos, ingressos para cinema e o tão esperado bingo que teve como prêmio especial um smart TV, além de um videogame Wii, uma bola de vôlei autografada pelo Bernardinho, uma cesta básica, um bolo confeitado e um kit churrasco com bolsa térmica, carne e linguiça.

A tarde começou com o já tradicional cortejo de maracatu tocado por pais e filhos e, depois todos se espalharam pelo Lar para diversas atividades: uma equipe de voluntários da B3 ofereceu uma oficina de caixinhas e atividades na quadra antes do futebol, o Sandro, jovem do PPV estudante de fotografia fez um canto de fotos com adereços divertidos, na biblioteca pais filhos alternavam-se na leitura, a brinquedoteca estava aberta e todos viraram crianças em um grande faz-de-conta.

Às 15h, todos se reuniram para assistir a peça A História Secreta das Fraldas, um verdadeiro presente de Andi Rubistein, que fez o roteiro, atua e confeccionou ou bonecos da peça.

O sábado terminou animado com os sorteios e o bingo. A pergunta que ficou: quando é o próximo dia da família? Calma, em 2020 tem mais!

O Lar das Crianças da CIP, há mais de 80 anos, atua na área da educação e da assistência social, acompanhando crianças dos 4 anos ao seu encaminhamento académico ou profissional, de forma a colaborar com o desenvolvimento pessoal e coletivo. Convívio, acolhimento e ações educativas fortalecem a construção de seus projetos de vida e a transformação social. Atendemos, atualmente, 450 crianças e jovens em contraturno escolar.

Estamos localizados em espaço próprio, no bairro Alto da Boa Vista, zona sul de São Paulo, capital. Aqui desenvolvemos todas as atividades institucionais, tanto o atendimento como a gestão.

Os beneficiários, em sua maioria, não residem nas proximidades, pelo contrário, chegam à instituição provenientes de bairros muito afastados (Campo Limpo, Cidade Ademar, M’Boi Mirim, Parelheiros, Santo Amaro, Capela do Socorro, Grajaú).

Os pais e responsáveis pelas crianças e adolescentes ou trabalham nas proximidades do Alto da Boa Vista ou passam pelo bairro para acessar as regiões onde exercem suas atividades profissionais.

O convívio entre os membros da família é normalmente comprometido pelo tempo reduzido que passam juntos durante a semana, pelos afazeres da casa nos finais de semana e também pela falta de repertório e oportunidades de lazer nas regiões onde moram.

Por isso a importância de um dia dedicado a esse convívio, como o “Dia da Família” promovido pelo Lar.


Sem Comentários

Adicione um Comentário